11 de dezembro de 2018

Cabelos que usei em 2018!

Oi genteeeeeee! Tudo bem com vocês? Então, hoje eu trago uma retrospectiva do meu cabelo. Fazendo a seleção dessas fotos, eu percebi que eu fiquei alternando entre laranja-verde-trança-e marsala que desbota pro vermelho, as vezes ficando na cor vinho e as vezes realmente na cor marsala. Enfim, acho que foi um dos anos que eu menos pintei/troquei cabelo acreditam nisso? Porém, gostei muito do resultado! Espero que gostem também. <3 
Vamos ver? Se atentem as legendas pra entender melhor. (=

Essa foto a última foto de 2017. Na virada do ano! Tava bem laranjinha.


Eu me achani toda wonder woman hahaha 
Logo depois eu cortei o cabelo (sozinha) e mudei também a cor, pro verde. Eu amo pintar o cabelo de verde por que acho que combina bastante comigo. Uma das minhas cores favoritas de cabelo. <3 



Porém o verde é um dos que dá mais trabalho pra cuidar. Acabei deixando ele desbotar e ele chegou num tom meio amarelado meio cor de folha que está na geladeira há uma semana. haha 


Eu estava passando por uma fase difícil, então a última coisa que estava me importando naquele momento era a cor do cabelo.



Logo depois eu cansei, e coloquei tranças. EU AMO por tranças, e ponho sempre que me dá na telha. haha Coloquei uma mistura de branco com uns fios pretos. Ficou bem legal!

Esse momento foi ótimo pra dar um tempo pro meu cabelo e pra eu por a cabeça no lugar também. Foi preciso. 

Nem sempre um cabelo é só um cabelo. No meu caso, nunca é. rs


E aí logo depois que eu tirei eu ainda deixei ele verdinho por um tempo, retoquei e depois troquei de cor.

Eu estava procurando emprego e com cores "incomuns" é difícil encontrar uma empresa que te aceite. Então eu escolhi uma cor que fosse  "aceitável" aos olhos da sociedade, mas que me deixasse feliz também. Foi aí que pintei de marsala.

Pintei morrendo de medo de não gostar, mas no final eu amei. Me identifiquei super e foi ai que percebi que eu realmente precisava de um up no cabelo. As coisas começaram a ficar melhor, e no final acabei conseguindo um emprego que nem liga pra cor do meu cabelo. haha 

O ruim do marsala é que ele desbota MUITO rápido também, e a parte boa é que ele desbota pro vermelho e me dá a possibilidade de ficar trocando de tons sempre que eu quiser. E como se eu tivesse um cabelo 3 em 1.

Posso deixá-lo mais pro lado do vermelho, do rosa, do roxo, ou do marsala mesmo. Eu amei essa diversidade. Essa foi uma das últimas fotos que tirei dele.

E é ele que estou usando atualmente. Acho que quando vocês lerem esse post provavelmente eu já estarei com minhas tranças verdes. hihi
Bom gente, então é isso! Eu espero muito que vocês tenham gostado, eu amei ter compartilhado essa experiência com vocês, e ultimamente estou bem focada em passar mais coisas sobre cabelo pra vocês (quem me acompanha no Instagram já está sabendo disso! Mas se você não me segue essa é a hora. É só clicar aqui). Acho que já perceberam isso né? Mas também não deixando de lado as outras coisas boas da vida. 
Para o ano que vem estou pensando em focar no crescimento do cabelo, e usar ainda mais tranças! E aí, gostaram do conteúdo de hoje? Eu espero que sim! <3
Um beijo da Rafa. :*


7 de dezembro de 2018

Minhas músicas favoritas do ano de 2018!

Oi genteeeeeeeeee! Pra aproveitar o final do ano, estou fazendo várias tipos de retrospectivas aqui no blog sobre várias coisas, que incluem post e coisas sobre mim também (pra gente ficar mais juntinho!). Espero muito que vocês gostem. Hoje eu trouxe uma playlist maravilhosa. <3 
Eu vou deixar o link da playlist no Spotify aqui pra vocês, caso vocês queiram ouvir direto e me seguir também, como também deixarei o nome de algumas - as principais -  (por que são muitas) escritas aqui pra vocês procurarem pra ouvir em algum outro lugar, caso vocês não tenham ou não usem Spotify ok? Tem de tudo! Desde música brasileira até espanhola. hahaha Esse ano aparentemente eu fui bem "eclética". E eu gostei bastante disso. (:

Melhores músicas 2018


A playlist no Spotify:
                   


Nome de algumas músicas para procurar em outros lugares:
Show me - John Legend
I am - Jorja Smith
Supermarket Flowers - Ed Sheeran
Perfect - Ed Sheeran
Shallow - Lady gaga, Bradley Cooper
Down - Cloe x Halle
OMV - Lady Lashurr
Astenia - Fresno
Pra me refazer - Anavitória, Sandy
Ô, preta - Anavitória
Pressure - Muse
Chuchyard - Aurora
Say my name - David Guetta
Gasoline - Halsey
Easteasy - Benny blanco, Halsey, Khalid
Move to miami - Enrique Iglesias, Pitbull
Pouca pausa - Clau, cortesia da casa, Haikaiss
Solo (feat. Demi lovato) - Clean Bandit, Demi lovato
Apeshit - The carters
Taki Taki - Selena Gomez, Ozuna e Cardi B



4 de dezembro de 2018

05 estreias cinematográficas para ver em Dezembro/2018!

Oi genteeeeeeee! Finalmente o último mês do ano chegou! Meu Deus eu estava MUITO ansiosa para esse mês chegar e consequentemente o ano acabar logo! Sério. Vocês também? 
Mas enfim, vim trazer coisas boas pra vocês (e uma lista pra lembrar a mim também haha). Vai ter umas estreias muito boas esse mês e resolvi vir mostrar pra vocês, até por que é bem a nossa cara a maioria dos filmes que escolhi. 
Então vamos começar?

1. O ódio que você semeia

Um dos filmes mais esperados por mim, o ódio que você semeia estreia dia no dia 06. Eu já falei dele aqui pra vocês, mas é bom relembrar né? haha Vai que alguém não viu. 

SinopseStarr Carter (Amandla Stenberg) é uma adolescente negra de dezesseis anos que presencia o assassinato de Khalil, seu melhor amigo, por um policial branco. Ela é forçada a testemunhar no tribunal por ser a única pessoa presente na cena do crime. Mesmo sofrendo uma série de chantagens, ela está disposta a dizer a verdade pela honra de seu amigo, custe o que custar.

05 estreias cinematográficas para ver em Dezembro/2018!
Trailer aqui.

2. Aquaman

Um dos mais esperados pela galera, o Aquaman finalmente vai estrear! Depois daquele trailer impressionante de mais de cinco minutos, já estava na hora né? Jason do céu! Espero que esse filme esteja tão bom quanto o trailer. O filme estreia dia 13.
05 estreias cinematográficas para ver em Dezembro/2018!

SinopseArthur Curry (Jason Momoa), mais conhecido como Aquaman, ainda é um homem solitário, mas quando ele começa uma jornada com Mera (Amber Heard), em busca de um algo muito importante para o futuro de Atlantis, ele aprende que não pode fazer tudo sozinho.
Trailer aqui.

3. O retorno de Mary Poppins 

Fiquei sabendo esses dias desse filme e fiquei surpresa! A gente sabe que Mary poppins é um grande clássico e que seu último filme foi lançado em 1964. Estou ansiosa! O filme será lançado no dia 20. 
05 estreias cinematográficas para ver em Dezembro/2018!

SinopseNuma Londres abalada pela Grande Depressão, Mary Poppins (Emily Blunt) desce dos céus novamente com seu fiel amigo Jack (Lin-Manuel Miranda) para ajudar Michael (Ben Whishaw) e Jane Banks (Emily Mortimer), agora adultos trabalhadores, que sofreram uma perda pessoal. As crianças Annabel (Pixie Davies), Georgie (Joel Dawson) e John (Nathanael Saleh) vivem com os pais na mesma casa de 24 anos atrás e precisam da babá enigmática e o acendedor de lampiões otimista para trazer alegria e magia de volta para suas vidas.
Trailer aqui.

4. Bublebee

Sendo bem sincera eu não sou fã de transformers, mas como sei que tem muita gente que provavelmente ficará muito feliz com essa notícia, resolvi trazer mesmo assim. Bumblebee é um dos personagens (se não o) principais do transformers e dessa vez resolveram fazer um filme só pra ele! Se liga na sinopse. A estreia será no dia 25. Dia do natal, isso mesmo. <3 
05 estreias cinematográficas para ver em Dezembro/2018!

Sinopse1987. Refugiado num ferro-velho numa pequena cidade praiana da Califórnia, Bumblebee, um fusca amarelo aos pedaços, machucado e sem condição de uso, é encontrado e consertado pela jovem Charlie (Hailee Steinfeld), às vésperas de completar 18 anos. Só quando Bee ganha vida ela enfim nota que seu novo amigo é bem mais do que um simples automóvel.
Trailer aqui.

5. Era uma vez deadpool 
05 estreias cinematográficas para ver em Dezembro/2018!

ELE VOLTOU! Enquanto não sai o novo deadpool para nós, saiu o novo deadpool versão para menores. hahaha EU AMEI ESSA IRONIA. Quero até ver como que vai ser isso. A estreia será no dia 27. 

Sinopse: Versão de Deadpool 2 destinada para menores, o filme traz Wade Wilson (Ryan Reynolds) lendo suas grandes aventuras para Fred Savage.
Trailer aqui.

Bom gente, então é isso que tenho pra vocês hoje! Espero muito que tenham gostado. Compartilhem com os amigos e vamos assistir tudo! hahah beijo da Rafa. 


30 de novembro de 2018

Resenha Literária : O ódio que você semeia

Oi gente! Tudo bem com vocês? Então, eu finalmente trouxe a resenha desse livro depois de tanto tempo enrolando. haha Me perdoem e não desistem de mim. <3 
Enfim, eu comentei com vocês sobre esse livro lá no instagram, até cheguei a fazer uma mini resenha pra vocês nos stories, mas agora é o post mesmo, onde contarei todos os detalhes que sei. 
Bem, a capa do livro original e primeira edição é essa. 

Primeiro vamos a ficha técnica do livro:
Ano: 2017 / Páginas: 378
Idioma: português 
Editora: Galera Record
Escritora: Angie Thomas

Livro de estreia da escritora Angie Thomas que já conquistou o meu coração! Se ela escrever outros livros é provável que eu leia.  Esse livro é considerado uma leitura juvenil/estrangeira, creio que por ser contado através do olhar de uma adolescente, porém na minha opinião todos deveriam ler, independente da idade pois o tema abordado é forte e atual que deve ser discutido a vida toda. É necessário.


Sinopse: Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial.Não faça movimentos bruscos.
Deixe sempre as mãos à mostra.
Só fale quando te perguntarem algo.
Seja obediente.
Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto.
Em luto, indignada com a injustiça tão explícita que presenciou e vivendo em duas realidades tão distintas (durante o dia, estuda numa escola cara, com colegas brancos e muito ricos - no fim da aula, volta para seu bairro, periférico e negro, um gueto dominado pelas gangues e oprimido pela polícia), Starr precisa descobrir a sua voz. Precisa decidir o que fazer com o triste poder que recebeu ao ser a única testemunha de um crime que pode ter um desfecho tão injusto como seu início.
Acima de tudo Starr precisa fazer a coisa certa.

Angie Thomas, numa narrativa muito dinâmica, divertida, mas ainda assim, direta e firme, fala de racismo de uma forma nova para jovens leitores. Este é um livro que não se pode ignorar.

Minha opinião: Olha gente, não é fácil. Quando escolhi esse livro eu sabia que era um livro sobre resistência e que seria difícil pois é uma realidade que ainda existe e está bem vívida, infelizmente. O livro conta sobre um assassinato que houve com o amigo da Star, Khalil quando saiam de uma festa. Como diz a sinopse, star aprendeu com os pais ainda muito nova como uma pessoa negra deve se portar na frente de um policial. Não faça movimentos bruscos. Deixe sempre as mãos à mostra. Só fale quando te perguntarem algo. 
Logo ela esperava que Khalil também soubesse, e ele sabia. Acontece que mesmo assim, Khalil foi morto pois o policial confundiu algo com uma arma e não deu nem a oportunidade de ver ou de tentar entender o que era que tinha na mão do garoto. Isso se passa nos três primeiros capítulos, não é um spoiler, é uma introdução ao livro. 
Assim que se passa esse episódio, o livro mostra a luta da Star para ter voz ativa no processo de defesa do Khalil. Como ela porta, o que pensa, como acontece e o que acontece. Mostra os julgamentos sociais em cima dela e mostra a realidade de quem vive em uma periferia. Aborta também assuntos como gangues, namoros inter-raciais, amizades, família, e tudo que a vida de uma adolescente supostamente deveria ter. Mas não é tão simples assim. Não é a primeira vez que Star perde alguém. 
Não é tão simples superar a morte de um amigo, principalmente quando foi uma morte em vão.
E apesar de ser uma leitura dolorida, é uma leitura gostosa. De muito aprendizado. Um livro para se ter na estante e reler sempre que quiser ter força para lutar contra algo que seja grande. 
No livro também mostra o apoio da família dela, que é muito importante, e que cá entre nós, nem todo mundo tem. Mas nesse caso, a família dela foi a fortaleza dela. Ninguém forçava ela a fazer nada e tudo era devidamente feito no tempo dela, isso foi incrível aos meus olhos, pois é difícil os pais respeitarem o tempo dos filhos. Enfim, esse livro com certeza está no top 5 da minha vida e assim que eu tiver a oportunidade, comprarei para ter na minha estante. Eu super recomendo essa leitura. 

Uma outra notícia boa é que: esse obra de arte vai ser adaptada aos cinemas e já vai estrear na semana que vem! Acreditam nisso? Eu quase chorei quando soube.  Bem, se tudo der certo a estreia será no dia 06/12/2018.
Resenha Literária : O ódio que você semeia

Eu vou deixar o trailer aqui pra vocês verem e ficarem com gostinho de quero mais. Eu tenho certeza que eu vou chorar horrores vendo esse filme.

Ficha técnica do filme:
  • Título original: The Hate U Give
  • Nacionalidade: EUA
  • Gênero: Drama
  • Ano de produção: 2018
  • Estréia: 6 de dezembro de 2018 (Brasil)
  • Duração: 2h 12min
  • Classificação: 14 anos
  • Direção: George Tillman Jr.
  • Roteiro: Audrey Wells. Baseado no livro escrito por Angie Thomas
  • Produção: Timothy M. Bourne, Marty Bowen, John Fischer, Wyck Godfrey, Isaac Klausner, Robert Teitel, Angie Thomas, George Tillman Jr.
  • Trilha sonora: Dustin O’Halloran
  • Direção de fotografia: Mihai Malaimare Jr.
  • Edição: Alex Blatt, Craig Hayes
  • Design de produção: William Arnold
  • Decoração de set: Frank Galline
  • Estúdios: Fox 2000 Pictures, State Street Pictures, Temple Hill Entertainment
  • Distribuição: Fox Film do Brasil


Bom gente, então é isso. Eu espero muito que vocês tenham gostado dessa resenha. Um beijo da Rafa. <3

26 de novembro de 2018

05 dicas para manter a cor do cabelo.

Oi genteeeee! Tudo bem com vocês? Então, pelo o que eu percebi vocês gostam muito de dica né haha Então resolvi trazer ainda mais pra vocês. Dessa vez será cinco dias valiosas para manter a cor do seu cabelo, independente qual seja ela. Quem é acostumado a pintar o cabelo de colorido provavelmente já saiba essas dicas, mas é sempre bom lembrar não é mesmo? Eu acho importante! 
05 dicas para manter a cor do cabelo


1. Banho de brilho

Bem, a primeira dica com certeza é o banho de "brilho", que nada mais é que você usar produtos que realçam a cor do seus fios. No caso, creme de tratamento com a cor do cabelo é ideal. Mas como esses produtos geralmente são um pouco mais caro que os cremes normais, eu sempre misturo um pouco do creme com cor com um creme branco, pra render mais. Mas caso você tenha condições financeiras pra passar só o creme com cor, vale a pena o investimento! Pois o retorque vai demorar um pouco mais e seu cabelo irá parecer que está sempre retocado!

2. Usar produtos liberados.

Previamente dizendo, produtos liberados são produtos que não contém ingredientes derivados de petróleos, parabenos, parafinas e sulfatos fortes, além também do sal entre outras coisas que deveriam ser estritamente proibidas para os cosméticos mas que infelizmente não é. 
Hoje em dia a maioria dos produtos vem escrito "liberado" para dizer que os produtos são literalmente liberados, haha. Mas tem que ficar esperto pra ver qual produto que é liberado, por que as vezes eles colocam que é liberado de parabenos, mas contém parafina entende? Aí não adianta de nada. E só estou dizendo isso por que infelizmente já vi vários produtos assim. :(


3. Tonalizar com cremes que tonalizam

Isso é exatamente igual ao banho de brilho, só que ao invés de usar os cremes com cores, usar os tonalizantes. Geralmente eles pigmentam mais, porém a hidratação nem sempre é o foco deles. Não estou dizendo que não hidrata, pois hidrata. Mas não é o foco entenderam? Eu, pensando como uma crespa que tem o cabelo colorido, hidratação é essencial para mim. Então vale a pena por na balança quais são as suas prioridades em relação ao seu cabelo. São recomendados para quem não tem muito tempo (ou paciência) de ficar hidratando, cuidando e fazendo mil coisas. haha


4. Proteja os fios do calor do sol!

Sinceramente, eu nem ligava muito para "proteção UV". Até que alguém me disse (não me lembro quem agora) que o sol desbotava o cabelo. Comecei a pensar e a observar e realmente, faz todo sentido. Pense comigo, quando você lava suas roupas, você as põe do avesso para não desbotar certo? E quando você quer que o seu automóvel fique lindo para sempre, você protege ele também com garagem, com capa ou o que for não é mesmo? Então, o mesmo vale para o cabelo e provavelmente para qualquer coisa que você não queira que desbote. haha Proteja isso. Proteja como se fosse a sua vida. No caso do nosso cabelo, existem produtos que vem com "proteção UV". Essa proteção é o que vale para proteger os fios dos raios ultravioletas do sol. Então é importante usar produtos que contenham ele. A partir de hoje, não deixe de ver se o seu creme de pentear contém esse segredinho. rs. Mas caso não tenha, ou não tem como você ver isso por agora, temos alternativas: Use lenços, bonés, chapéus, enfim! O que fizer você se sentir confortável e que tampe os fios. Se não quiser usar nada, tudo bem também! <3 

Bem, eu espero que tenham gostado do que eu trouxe hoje pra vocês! Um beijo da Rafa. 


 
Me segue lá no instagram pra gente ficar mais perto!
Siga meu insta!
Ana Liberato